Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

O que acontece aos amigos comuns após a ruptura do casal?

18.12.08publicado por Gato Pardo

É uma valente porra, digo-vos...

Sim, meus caríssimos...Este blog ainda é o Gato Pardo, mas como isto não pode ser Mardis Gras todos os dias, por norma também tenho necessidade de abordar alguns tópicos minimamente pertinentes...

E porque é que trago este tópico à baila???Ontem numa conversa animada com uma amiga, veio a pergunta...

- Olha lá, tens falado com o X? - disse ela...

- Epá, falei com ele uns meses atrás quando fui beber café a casa dele...Mas porquê?

- Porque nunca mais tive uma palavra dele...Simplesmente desapareceu...

- Então e a Y?

- Com ela, sim...No mês passado veio cá a casa e estivemos a colocar a conversa em dia...Ela tem falado contigo?

- Não, nunca mais soube nada dela... - disse eu.

Estou a falar de um casal que se separou que fazia parte de um grupo grande de amigos comuns...Essa ruptura, deu azo a que outras rupturas se seguissem...A ruptura das amizades...Por aquilo que eu sei, foi uma ruptura minimamente civilizada, pelo que não dei pelos morteiros e rajadas de metrelhadora...Nem eu, nem nenhuma das outras pessoas que perfazem este grupo, pelo que até hoje questionamos o porquê de um afastamento tão crasso e repentino...Alguns de nós julgamos que é mais fácil lidar com a ruptura se nos afastarmos de todos aqueles que de alguma forma nos fazem lembrar da pessoa em questão...Outros chamam-lhe um recomeço sem amarras do passado...Outros ainda, pensam que a verdadeira razão é outra...Que tanto um como o outro, pensam que o destilar de veneno foi tanto de parte a parte, que não estão para serem julgados pelos amigos por "crimes" que apenas a eles dizem respeito...O único problema é que ambos vivem nessa ilusão quando a realidade é que ambos se portaram à altura do acontecimentos e foram uns SENHORES com letra maiúscula...

Às vezes, estar no papel de amigo de ambas as pessoas num casal pode ser um verdadeiro quebra cabeças quando a coisa dá para o torto...Por mim, continuo a ser amigo de ambos...Sim, porque a mim, ninguém me obriga a tomar partidos...E se alguém o faz, dá imediatamente a entender que é o menos merecedor da minha amizade, porque na minha vontade, ainda mando eu...No dia que perder o meu poder de decisão (para o bem e para o mal), então dedico-me à agricultura como o vegetal que me tornei nessa altura...

A eles os dois, tenho a dizer o seguinte...Meus caros, como se costuma dizer, só faz falta quem cá está...E nós estamos todos aqui...A amizade não se rege por doutrinas baseadas na solidariedade fajuta...Somos todos amigos há demasiados anos para cair no erro de escolher um dos dois para fazer o jeito...Esse erro, meus caros, são vocês que aparentemente o estão a cometer...Não o façam...O tempo da escolinha do Baião já lá vai...